domingo, 2 de julho de 2017

Santiago - Chile

Estação de Esqui Farellones
Cara, o que falar do Chile? Que ao descer do avião e se deparar com a cordilheira dos andes você treme na base? (treme de emoção e de frio na realidade). De que é uma cidade super charmosa? Que para onde você olha tem um surpresa agradável? Santiago do Chile é um desses lugares. Um lugar que se vai uma vez e chega em casa planejando sua volta. Para mim que estou acostumada a muito sol e praia, essa viagem realmente foi super diferente. Foi a primeira vez que vi a neve, o que a tornou uma viagem mais do que especial. Também tive a sorte de pegar a Cordilheira dos Andes cheinha de neve, as estações de esqui bombando e muito sol!!! Como isso pode acontecer eu não sei...só sei que tinha muita neve e muito sol em pleno inverno chileno.

Julho é a melhor época para ir ao Chile, com certeza você vai aproveitar bem mais porque as estações de esqui e a cordilheira estarão com neve. Em outras épocas do ano também é legal...mas já que vai até lá é bom pensar em aproveitar tudo  que ela pode te oferecer, não é mesmo?

Subida da Cordilheira dos Andes
emoção ao ver a neve tive que me jogar mesmo!!

Para chegar até Santiago do Chile o voo dura aproximadamente 04 horas (saindo de São Paulo), então é bem rapidinho. Comprei o bilhete pela Aerolíneas Argentinas (que não recomendo para ninguém) é simplesmente um horror. Tive problemas na ida e também na volta. Por conta disso ganhamos 02 dias em Buenos Aires na faixa (rsss) que irei contar em outro Post.

O ideal mesmo é planejar a sua ida até Santiago para chegar durante o dia, porque você vai conseguir observar a MARAVILHOSA E IMPONENTE CORDILHEIRA DOS ANDES já da janela do avião.
Vista de Santiago
Com relação ao dinheiro o ideal é você já levar alguns pesos chilenos para pequenos pagamentos (taxi, uma comidinha aqui, outra ali ), o restante pode ser dolár ou mesmo o seu cartão de crédito internacional ou o travel money (cartão pré pago de viagem). Também tem bastante lugar por lá que aceita o real.  Não é necessário passaporte, você consegue embarcar somente com o RG.

Santiago está localizada bem no meio de um vale  e é a capital e maior cidade do Chile, bem do ladinho da cordilheira dos Andes.  É uma cidade moderna, grande, super limpa, segura e com um metro que funciona super bem. Tem bastante coisa para fazer por lá...Mas eu acho que dedicar de 04 a 05 dias para explorar e conhecer a região é bem legal.

Esse post, assim como os outros, vou tentar contar como foi a minha experiência com essa cidade e também registrar algumas fotos. Então vamos lá...

Olha o legal mesmo é ir "desempacotado"...viagem solo. Quero dizer, vá sem agência de viagem porque você sempre vai gastar menos. Mas se é sua primeira viagem ao exterior e está meio insegura ou inseguro por estar em um país diferente, algumas agências trabalham com pacotes legais. Mas acho mesmo que não é necessário. O chile é muito bem servido de transporte público, tem bastante metro, além de ser o país mais seguro da América do Sul. Tem muitos policiais na rua e eu até vi um carrinho de mão cheio de dinheiro saindo de um banco...(se isso acontecesse aqui no Brasil não chegaria ao seu destino final com certeza rsss).

Chegando em Santiago resolvemos pegar um taxi até o hotel. Estava muito, mais muito, muito, muito frio. É um frio MUITO FRIO. Os termômetros marcavam 6 graus, mais a sensação para mim era de menos 10. Eu sempre falo nós brasileiros não estamos preparados para esse frio. Mesmo com um blusa de frio bem pesada para os padrões brasileiros, lá parecia que eu estava sem nada!

Chegando no hotel foi um sensação indescritível, o quarto tinha aquecedor...tudo era quentinho...muitos cobertores!!! EBAAA. Nos hospedamos no Hotel Panamericano, bem no centro de Santiago, pertinho da Praça da Constituição e do Palácio Presidencial e a proximidade com a estação de metro de La Moneda e Santa Ana facilitaram a nossa locomoção por lá.

No primeiro dia dedicamos para conhecer o centro histórico.  Começamos pelo  Palacio de lá Moneda que é a sede da presidência chilena, que  tem até a estátua do presidente Salvador Allende. O legal dali é que a gente pode ver a troca da guarda! conhecendo a Praça da Constituição e o Palácio Presidencial. Depois fomos até La Chascona, uma casa museu de Pablo Neruda.





Como estava muito pertinho subimos de funicular até o Cerro San Cristóbal e de lá conseguimos ter uma vista simplesmente maravilhosa de Santiago, já com as montanhas cheia de neve no fundo.
Funicular
Vista da Cidade
Depois, de metro fomos até o mercado central e conhecemos as famosas bancas de peixes que dificilmente a gente vê por aqui. Lá existe uma grande disputa entre os garçons para te oferecer uma mesa...mas já vou adiantando que comer em Santiago é bem caro! Por isso é bom você ficar bem atento aos preços oferecidos por lá!

Depois terminamos o dia no Sky Costanera. Um mirante super alto que tem entrada pelo shopping Costanera. De lá você tem um vista super DESLUMBRANTE da cordilheira. Aliás essa CORDILHEIRA é magnifica mesmo.

Se por um lado comer em Santiago é caro, outras coisas são muito baratas. Como por exemplo: roupas e maquiagem. Meninas!!! cada estojo de maquiagem que mais parece um "transformer" com mais de 10 compartimentos você paga de 50 a 100 reais!!!! Blusas de frio então...uns achados fantásticos. Leve uma graninha a mais para gastar por lá!!

Já no outro dia fomos até aquela que me chamava o tempo inteiro:  A Cordilheiro dos Andes. Distante a apenas 40 quilometros da Capital os centros de esqui de: Farellones, El colorado e Valle Nevado é um passeio OBRIGATÓRIO. Ir para o Chile e não conhecer esse lugar é a mesma coisa que ir até o Rio e não subir no Cristo Redentor. Vá, Vá, Vá!!! Farellones é muito legal e tem o preço bem mais em conta que o Valle Nevado. E para quem gosta de aventura eu aconselho passar um noite em Farellones. É sensacional!


Farellones

Cordilheira


Ah não se preocupe em comprar roupas somente para esquiar. Lá eles alugam tudo..Tem que ter a roupa especial mesmo...coisa que aqui dificilmente a gente usa..então é desnecessário se preocupar com isso.

Depois conhecemos Valparaíso e Vina Del Mar que estão há 140 quilômetros de Santiago. Valparaíso é uma cidade litorânea com vistas para o pacífico. Tem um centro histórico bem legal e é considerada patrimônio da Humanidade. Já Vina Del Mar também é conhecida como Cidade Jardim, devido aos bonitos jardins é claro.

A gente conheceu as duas em apenas 01 dia. Mas como eu não gosto de fazer as coisas correndo, eu aconselho a ir em um dia e voltar em outro...Assim dá para aproveitar bem mais por lá.



Dicas:
1) Pegue um voo direto até Santiago (com escala você perde muito tempo)
2) Fuja da Aerolíneas Argentinas
3) Vá desempacotado e compre os passeios lá no centro de Santiago
4) Planeje sua viagem para junho julho ou agosto
5) Procure sempre um hotel próximo ao centro ou do metro
6) Não precisa comprar roupas especificas para esquiar (alugar é bem melhor)
7) Esquiar não é barato. Mas já foi até lá então....se prepare para essa experiência
8) As roupas lá são bem baratas..
9) Coma o exquisito (é um cream cheese com mirtilo) muito bom mesmo
10) Tome o pisco sour...é docinho, e bem forte...vai deixar você meio leso das idéias..rsss

PRINCIPAL APRENDIZADO DO CHILE: tem tanta coisa para fazer lá.....é um lugar realmente SENSACIONAL que vale a pena se planejar para viver essa experiência!!!!

2 comentários:

Obrigada por fazer parte dessa viagem!!!