quarta-feira, 26 de julho de 2017

Istambul - Turquia



Sempre AMEI a cultura turca! Tanto a sua culinária quanto a sua história...eu lia sobre as muçulmanas e seus hábitos de usarem a burca, via suas danças e a sua religião e ficava encantada...

Mulheres de burca no centro de Istambul
Sempre imaginei que assim que tivesse uma oportunidade seria um país que iria visitar.. No entanto, sempre tinha aquela perguntinha que todo mundo faz: Será que é seguro viajar para a Turquia? Com tantos atentados terroristas, tentativa de golpe de estado, tão pertinho da Síria...será que vale a pena? Confesso que fiquei um pouco balançada com tudo isso, mas depois de muito pesquisar e ler sobre o país acabei por perceber que uma viagem para o Rio de Janeiro pode ser muito mais perigosa do que ir até a turquia. 

Países como França, Inglaterra, Espanha também sofrem com o terrorismo...e convenhamos... os terroristas estão em todo lugar!  Estar no mesmo lugar, no mesmo dia, no mesmo horário de um atentado é como um raio cair em nossas cabeças ou o  avião cair. Então pensei: Seja o que Deus quiser...E Ele quis!!

Istambul está localizada na Turquia e é a antiga Constantinopla! É a maior cidade da Turquia e a quarta maior cidade do mundo em termos de população. Outro aspecto interessante é que a  economia da Turquia  está toda amparada no turismo, no comércio e na agricultura. Lá quase não tem fábricas. Eu vi muita plantação de papoula (que dá como erva daninha) e muitas oliveiras. A grande maioria dos seus habitantes é muçulmana, mas também tem cristãos e judeus por lá,  mais é muito pouco!  A capital da Turquia é Ancara, mais é em Istambul que tudo acontece. É um grande polo cultural, educacional e comercial.

polo comercial 

O que deixa Istambul mais atraente ainda é o fato de estar localizada  entre o estreito do Bósforo e o mar de Marmará, que separam a Ásia da Europa, fazendo com que Istambul seja a única cidade do mundo a ocupar dois continentes...louco né?

 
Bosforo
  
Na minha percepção, Istambul é uma cidade bastante segura, grande, com um transito complicado. Tem uma verdadeira tropa de elite de vendas. Eles são artistas do comércio e é difícil que eles percam negócio. Eles sabem encantar, seduzir e VENDER! E COMO OS TURCOS GOSTAM DE VENDER!!!!!

Pois bem, a cidade tem dois centros principais que estão do lado europeu: A praça Sultanahmet e a Praça Taksim. Vou falar bastante da Praça Sultanahmet, local onde conheci bem e que foi o hipódromo de Constantinopla, centro da cidade romana.
 
Praça Sultanahmet

Com relação ao dinheiro, tanto faz levar dólar como euro, os turcos fazem qualquer negócio. É melhor trocar seus dólares ou euros numa casa de cambio de lá para pequenos pagamentos...e sempre levar seu cartão de crédito internacional ou o travel money (cartão pré pago de viagem). Eu prefiro sempre esse último, porque é possível carregar pela internet e depois da viagem é só descartar. Não é necessário nenhuma vacina específica e você precisa estar com o passaporte em dia e com no mínimo 03 meses da data da sua validade na sua volta.


Outra dúvida é com relação as roupas. Que roupa posso usar em Istambul? Apesar de ser uma cidade com 90% de sua população muçulmana onde é possível observar as mulheres usando burca ou lenços coloridos na cabeça é perfeitamente possível ver as pessoas andando com roupas "normais", como calça jeans, baby look, shorts. Tudo vai depender de onde você  é e de que religião! Mas Istambul é uma cidade cosmopolita, então é possível ver de tudo!!

 
Pessoas andando no centro Istambul

Para chegar em Istambul partindo de São Paulo você deve ter consciência que permanecerá  dentro do avião por varias horas,  dependendo do voo!  (voo direto para Istambul sem escalas dura por volta de 12 horas) pela Turkish Airlines: https://p.turkishairlines.com/. Recomendo muito essa companhia! Adorei o voo, os serviços e toda a equipe de bordo. Muito legal mesmo.

Eu e minhas amigas no avião

O ideal para conhecer Istambul é dedicar 04 dias completos no mínimo! A cidade é tão vibrante e envolvente que você acaba dedicando muito mais tempo para as atrações do que imaginou. Você também deve levar em consideração o fato que o fuso horário deixa a gente meio tonta (eu sofro muito com isso) preciso de um dia inteiro para me recompor!

Essa viagem aconteceu em Julho de 2017, aliás acabei de chegar,  e ainda estou sob forte impacto das sensações que obtive por lá. É um lugar que consegue mexer com todos os nossos sentidos, principalmente com a audição, a visão  e o olfato.

Como classificar essa viagem? FABULOSA? ESTONTEANTE? MARAVILHOSA? Para mim seria pouco...diante de tudo que vivemos lá...mais arriscarei um ESPETACULOSO rsss. Foi realmente um choque de realidade, um amontoado de surpresas e um aprendizado de 8.000 anos em 15 dias.

Assim como os outros posts vou contar como foi a minha passagem por lá e também compartilhar alguns vídeos e fotos...Assim acredito que sua viagem para Istambul começará a partir de agora...

Dessa vez fomos em 04 pessoas: Eu, duas amigas e meu marido.

Eu e o Marcos (as amigas são aquelas do avião rsss)

Escolhemos o mês de julho por ser férias escolares (todos somos professores) então seria o único mês possível para a gente. Julho é verão em Istambul, e a temperatura é bastante alta, mas nada que não estamos acostumadas aqui no Brasil. No período em que ficamos por lá a temperatura variou entre 30 e 34 graus. Na minha opinião é muito melhor o verão do que o inverno em Istambul, porque o inverno lá é bastante severo aí não da para aproveitar muito, não é mesmo?

Pois bem, agora vamos realmente ao que interessa... Como cheguei até lá! Nesse caso em específico, resolvi comprar um pacote. Achei um pouco arriscado ir desempacotada. Mas depois cheguei a conclusão de que não precisava. Istambul está super preparada para receber turistas e é só ficar hospedado no lugar certo. Eu fiquei hospedada no Golden Tulip Istanbul Bayrampasa. Longe de tudo! Era longe do aeroporto, e longe da praça Sultanahmet que é onde tudo acontece. Quando você tiver a oportunidade de ir até lá, o ideal é procurar um hotel no centro chamado Sultanahmet, de lá você consegue visitar os principais pontos turísticos a pé.

O Legal mesmo é chegar a noite para acordar com o  PRIMEIRO AZAN DO DIA - UM CANTICO DE CHAMADO PARA O INÍCIO DA ORAÇÃO.  É realizada antes das cinco orações diárias dos muçulmanos e regido pelo anunciante de cada mesquita, e o chamado ecoa por toda cidade. Isso foi uma coisa que realmente me impressionou! Não estava preparada para isso...De repente comecei a ouvir uma cantoria...e foi aí que me dei conta de como é bonita a fé muçulmana. Esse vídeo abaixo tem um som aproximado...




O primeiro dia foi dedicado para conhecer o hipódromo, a Basílica de Santa Sofia , a Mesquita Azul e a Praça Sultanahmet com seu comércio local.

Como não gosto de excursões, resolvi fazer o passeio para o centro histórico da cidade sozinha...Percebi também que os taxistas turcos não sabem falar inglês...então ficava um pouco difícil a comunicação. Mas, era só pesquisar o roteiro e passar o endereço escrito para ele que dava tudo certo.

Lá na praça existem muitos voluntários turcos, que estão lá para auxiliarem os turistas. Eles falam inglês fluentemente e estão sempre dispostos  a fornecerem informações e até em caminhar conosco até o local pretendido!

Outro aspecto curioso é que uma das técnicas de vendas que percebi lá no centro onde tudo acontece (risos)..é que os comerciantes saem de suas lojas e ficam de olho nos turistas que chegam. Eles conversam muito, nos acompanham em todas as visitas e depois nos levam para conhecer as suas lojas e tomar um turk çayi (chá turco) que é uma delícia. Ele pode ser servido quente ou frio, e acredite, é muito difícil se desvencilhar de um vendedor turco depois que você entrou na loja dele. Veja o Ramassan,  um comerciante que conheci na frente da Santa Sofia e me mostrou praticamente todo o centro de Istambul.



O primeiro ponto que conhecemos lá foi o Obelisco Teodósico que foi feito no Egito e levado até o  Hipódromo, que fica na própria  praça Sultanahmet , que também está na  frente da Mesquita Azul.

Obelisco Teodósico
Depois fomos até a  Basílica de Santa Sofia, que é um dos principais pontos turísticos de Istambul. É um monumento turco erguido há mais de 1.500 anos. Chama-se Sofia, porque deriva da palavra "sophos" que significa "sabedoria".

 
Basílica de Santa Sofia
 Ela foi construída em 537 e era a maior igreja do Império Bizantino. Em 1432 se transformou em uma mesquita e em 1935, Ataturk, a transformou em um museu. Em 1985 foi declarada como patrimônio mundial pela UNESCO!


  
Lá dentro é realmente impressionante!  Como já foi igreja católica e também mesquita ela mistura elementos das duas religiões, como santos e painéis escritos em árabe!

 
 Santos e painéis escritos em árabe

Possui grandes luminárias que chamam muito a atenção pela beleza e grandiosidade.




Lá tem um fluxo de pessoas muito intenso e dá para perceber que são de diversas partes do mundo.


Outra coisa incrível são os seus mosaicos. Eles são maravilhosos!






Dentro do museu tem uma vasta galeria, que você pode subir e observar os seus vitrôs e o revestimento todinho de pedra!

Eu sentada em um vitro na galeria
Depois foi só atravessar a rua que já estávamos na Mesquita Azul, também conhecida como Mesquita de Sultanahmet ou Blue Mosque.

 
Mesquita Azul
Ela foi construída entre 1606 e 1616 para superar a vizinha Santa Sofia em grandiosidade e beleza. Ela é conhecida como Mesquita azul devido aos mais de 20 mil azulejos que a cobrem.

azulejos acima
Ela tem muitos minaretes e é considerada um dos principais cartões postais de Istambul. O legal é que a entrada é gratuita, porém só é possível entrar após as orações, e por ser uma mesquita, é preciso tirar os sapados para entrar e as mulheres devem cobrir o cabelo em sinal de respeito. A própria mesquita se encarrega de fornecer as roupas adequadas para entrar lá.

 
Cabelos cobertos
 
Roupa fornecida pela mesquita
Depois foi a vez de conhecer o comércio local. Muitas lojas bacanas e o  que vi por lá me fez se apaixonar ainda mais pela Turquia. Muitas joalherias, lojas de doces,  lojas de couro, tapetes, cerâmicas...com preços incríveis e de muita qualidade.

 
Loja de doces

Loja de doces

Até o vendedor de sorvete é uma atração em Istambul...Ele brinca com os clientes, faz muita graça e malabarismos para entregar o sorvete.



A noite fizemos um mini cruzeiro com jantar pelo Bósforo!  O estreito de Bosfóro separa a parte europeia da asiatica! E ainda conseguimos observar vilas, palácios e fortalezas otomanas. Simplesmente SENSACIONAL.




O barco nos levou até o Mar Negro, passando sob pontes e mansões a beira mar, e ainda proporcionou uma vista sensacional de Istambul.

 
Passeio de barco pelo Bosfóro
 Teve DJ, espetáculo com dança tradicional turca e dança do ventre.



 Um mestre de cerimônia maravilhoso! Comida de boa qualidade e uma balada ao final.


A balada no barco foi tão legal que a gente não resistiu e caiu na pista!




No outro dia o bicho pegou de vez. Foi a vez de conhecermos o famoso Gran Bazar! É o maior e mais antigo mercado coberto do mundo e tem mais ou menos 5.000 lojas. Lá vende de tudo e mais um pouco, desde louças, bijouterias, jóias, tapetes, cerâmicas)....

 
Eu no Gran Bazar
Eu simplesmente ENLOUQUECI lá...principalmente com as jóias!!! Muitas pedras e prata e um preço muito legal. Ainda mais depois que aprendi a pechinchar...aí lascou de vez...Além de conseguir ótimos descontos ainda ganhei vários brindes!!! rsss. Os turcos adoram negociar e como eu sou muito sorridente consegui coisas incríveis por lá. Usei muito a calculadora para mostrar o valor que estava disposta a pagar para eles!! O que é mais engraçado é que a princípio eles ficam bravos...querem brigar..depois se transformam em seus amigos de infância!! rsss. Dê uma espiadinha no vídeo gravado lá...


Os caras são bons negociantes, no entanto depois de umas 04 horas por  lá é possível que você tenha uma dor de cabeça  lascada de tanto negociar...

Muitos comerciantes de lá falam o português melhor até que o inglês.

As mulheres precisam tomar muito cuidado, pois eles são muito galanteadores e não se importam  em chegar muito perto, tocar no seu cabelo e dizer coisas que não estamos acostumadas por aqui...Portanto, é sempre bom manter uma distancia segura se estiver sozinha na loja.

Outra visita imperdível é na Cisterna, onde ficam as galerias e tuneis que serviram para armazenar a água da cidade na época do Imperío Bizantino e que continuam intactas até hoje.

Tem muita coisa ainda para se  fazer em Istambul, tudo vai depender do seu tempo e também do seu bolso, tem o mercado de especiarias, as várias mesquitas, os cemitérios, os museus...enfim é uma viagem na história da humanidade que vai te encantar do início ao fim!

Depois de vivenciar tudo isso,  embarquei para Izmir, com destino a Kusadasi no mar Egeu. Esse será meu próximo post!

Espero que tenham gostado e que as dicas possam lhe ajudar de alguma forma! Então só me resta dizer: MERHABA!

Dicas:

1) Hospede-se no centro denominado Sultanahmet
2) Aprenda a negociar
3) Dedique no mínimo 04 dias para conhecer Istambul com calma
4) Leve uma graninha a mais (você irá se empolgar com certeza)
5) Cuidado com os taxistas (é melhor colocar no waze) para você não ser enganado
6) Mulheres: Cuidado redobrado ao ficar a sós com os comerciantes
7) Outra coisa importante. Tire muitas fotos e filme bastante
8) Não esqueça de usar maquiagem para sair bonita nas fotos (prime é muito bom)
9) 01 lira turca equivale a 01 real (fica fácil entender o valor das coisas)
10) Você sempre irá encontrar um brasileiro por lá!

Um comentário:

  1. Amei acompanhar sua viagem por aqui... deu uma vontade imensa de viajar tb rsrs

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer parte dessa viagem!!!