domingo, 25 de junho de 2017

Bruges - Bélgica

Um dos canais de Bruges
Por incrível que pareça chegamos em Bruges vindo de Paris e não de Bruxelas (erro gravíssimo de percurso). Deveria ter ido pela Gare Centraal de Bruxelas de trem porque ela está localizada na Bélgica, há  apenas 100 km de Bruxelas! Mas não, devido a falta de planejamento , gastei tempo e dinheiro por essa brincadeira. E que por isso, até hoje penso: que BURRADA. Eu já tava na cara do gol e não dei o chute...Mas, erros de percursos acontecem. E no final o passeio também foi bem legal.

Vou começar contando o que resolvi fazer para que você não caia nessa tentação, ok? Bom, vamos lá. Depois de passear em Bruxelas, resolvi voltar para Paris e passear mais um pouco por lá...Só que uma coisa ficava martelando na minha cabeça:  "Bruges, Bruges, Bruges...Você chegou até aqui...não compensa ir embora sem conhecer a cidade dos contos de fadas...vai lá..vai lá...(rsss)". Então, eu comecei a pesquisar pela internet e cheguei até a agencia de viagem para brasileiros que fica bem na frente do museu do Louvre que chama-se Paris City Vision. Fui até lá, com o meu super hiper mega waze (que funciona super bem) e comprei os pacotes. Valor? 190 Euros por pessoa aproximadamente. 

Saímos de Paris por volta das 7 da manhã em um ônibus super legal equipado com áudio descrição dos passeios em  Português. A viagem foi longa, o ônibus fez algumas paradas para esticarmos as pernas e comermos alguma coisa. O passeio de ida durou aproximadamente 04 horas. Cansativo demais para mim pelo menos. Sem contar que Europeu tem uma obsessão por horário, e eu vi eles deixarem duas brasileiras no ponto de parada devido ao atraso delas.

Depois de tudo isso, posso garantir que valeu a pena. É uma cidade diferente de tudo que já tinha visto, eu achava que a qualquer momento eu encontraria o reino tão tão distante do Shrek (rsss) ou então a Branca de Neve e a Cinderela fazendo compras por lá, ou andando de barquinho pelos canais.


 Lá é uma cidadezinha medieval toda em estilo gótica, e também é conhecida como Veneza do Norte.



Fizemos uma visita guiada a pé até o centro de Bruges.

Caminhada até o centro de Bruges

Conhecemos a Grande Praça, os Halles, a catedral Notre Dame do século XIII,  e o Monastério Beneditino Le Béguinage.

Monastério
Grande Praça


Como estávamos em pleno verão, resolvemos pegar um mini cruzeiro pelos canais!


Nesse passeio  conhecemos as casas de Bruges. Veja que legal no videozinho abaixo.



Mas realmente, Bruges é uma cidadezinha muito charmosa e tive a impressão que se olhasse para cima eu conseguiria ver Rapunzel jogando suas tranças pelas torres altíssimas de seus castelos e  torres.



A praça central é magnifica cheia de candelabros, estatuas e carruagens. As ruazinhas de lá são bem estreitas e as ruas são de pedra. Uma curiosidade legal é que o centro histórico de Bruges foi tombado como Patrimônio da Humanidade e é também a Capital europeia da Cultura.





Além de ter muitos restaurantes legais e lojinhas de chocolates!


Lá existe uma lenda de que os cisnes que existem nos lagos foi um castigo para a população que o imperador impôs para a população, logo após a execução de Pieter Lanchals, um dos administradores da cidade. Como o significado do sobrenome dele era “pescoço longo” e o brasão  da família  era um cisne, o imperador amaldiçoou a cidade a sempre ter estas aves em seus lagos.  Por isso tem tanto cisnes por lá!





O legal mesmo é passar uma noite lá, mas a maioria das pessoas costumam passar o dia inteiro. De noite a cidade é totalmente diferente, não tem muita coisa para fazer não, a não ser observar as luzes que dão um colorido especial aos canais.

Dicas:

1) Fuja de excursão de 01 dia saindo de Paris (é furada)
2) Pegue o trem de Bruxelas ou de Amsterdam (são 100 km só)
3) Reserve um hotel para você poder apreciar a cidade a noite
4) Faça o passeio pelos canais da cidade
5) Sempre peça uma audio descrição (ajuda muito conhecer a história da região)
6) A maioria das pessoas passa um dia inteiro na cidade (que também vale a pena) desde que você faça o passeio solo
7) No verão vá com roupas bem leve
8) Leve uma bateria reserva para o seu celular (o meu acabou a bateria bem no meio do passeio dos canais)
9) Esteja bem preparado para caminhar bastante
10) Suba até o topo da torre Belfry - tem 83 metros. A vista é fantástica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por fazer parte dessa viagem!!!